a sola vs. a caramanhola

20 dez

Querido ciclista,

Admiro toda essa sua força e todo seu empenho em subir ladeiras que me tiram o fôlego na metade. Sem contar nessa saúde toda e no bem que você faz ao meio ambiente. Mas, por favor, explique-me quais são suas reais intenções.

Você sai às ruas protestando contra os carros e diz que bicicleta é o melhor meio de transporte (disso não tenho dúvida, não mesmo!). Mas o que eu queria mesmo entender é : o porque da sua folga e da sua falta de respeito para com os pedestres. Digo isso porque já fui quase atropelada algumas vezes  (e digo quase porque fui muito rápida e consegui me esquivar dos acidentes) enquanto tentava atravessar a rua, simplesmente porque você ignorou o farol vermelho para os carros. Ou de quando você decide por subir na calçada e nos fazer desviar da sua magrela.

Sabe, acredito que você é um bandeirinha na arte do comportamento nas ruas. Segue o que lhe convém. Se o trânsito está bom (aham), você segue pelo asfalto. Mas, se o farol fecha e você está com pressa, o direito de pedestre ou de mais-fraco-perante-os-carros, lhe surge e você decide por atrapalhar o trânsito dos realmente mais frágeis, os pedestres.

Me diga como andas que te direi quem és. Não quero mais te chamar de pedelista, nem de ciclestre e nem de ciclotorista. Quero te chamar de ciclista com o peito cheio e ter orgulho do bem que você está fazendo para o mundo.

 

 

 

PS: esse post não é de forma nenhuma generalizado.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: